• Prof. Carlos Augusto Pereira dos Santos Possui Graduação em ESTUDOS SOCIAIS pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA (1990), Mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2000) e Doutorado em História Do Norte e Nordeste do Brasil pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2008). Atualmente é Professor da UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAU - UVA. Leciona as disciplinas de Historiografia Brasileira e História do Brasil I e II. É tutor do Programa de Educação Tutorial - PET HISTÓRIA/UVA. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: militancia comunista, ditadura, cotidiano, cultura e trabalhadores urbanos. conheça o grupo de pesquisa Cidade, Trabalho e Poder. Clique Aqui
Posted by Carlos Santos 0 comentários

Por essas e por outras que cada vez mais o futebol vem perdendo o brilho do jogo que já foi associado com a metáfora da vida. Desta vez, mais uma revelação sobre a polêmica goleada da Argentina sobre o Peru na Copa de 78, mostra o que acontece quando a política se mistura com o futebol.

Ex-senador: Argentina 6 x 0 Peru em 78 foi acordo entre ditaduras

A polêmica goleada por 6 a 0 da Argentina sobre o Peru, no quadrangular semifinal da Copa do Mundo de 1978, ganhou uma nova versão. O ex-senador peruano Genaro Ledesma, opositor do regime de Francisco Morales Bermúdez à época, afirmou na última terça-feira que o resultado da partida foi previamente combinado como parte de um acordo entre os governos dos dois países, comandados então por ditaduras militares.
Segundo a versão de Ledesma, um grupo de 13 opositores de Bermúdez - em que ele próprio estava incluído - foi sequestrado no Peru e enviado à Argentina. O ditador argentino, Jorge Videla, aceitou receber os "prisioneiros de guerra", mas em troca a seleção peruana teria que perder para classificar a equipe local à final da Copa.
O ex-senador depôs diante do juiz Norberto Oyarbide, de Buenos Aires, que recentemente pediu a prisão de Morales Bermúdez, atualmente com 90 anos, por crimes como sequestros e assassinatos. Ledesma disse que a goleada por 6 a 0 foi parte do Plano Condor, acordo de cooperação entre as ditaduras sul-americanas para erradicar opositores - Bermúdez, porém, nega que seu governo tenha feito parte da operação.
Após a vitória da Argentina sobre o Peru no Mundial, no mesmo ano, o governo de Videla fez um empréstimo a Morales Bermúdez e doou 14 mil toneladas de trigo ao Peru. O resultado da partida tirou a Seleção Brasileira da final de 1978 contra a Holanda - se a Argentina vencesse por até três gols de diferença, o Brasil iria à decisão.
Foto: Arquivo Estadão
Fonte: Estadão

Categories:

0 Responses

Postar um comentário

Subscribe to My Blog

Subscribe Here

Visitates online

Você é o visitante Nº.:

Visitantes de outros países

free counters