• Prof. Carlos Augusto Pereira dos Santos Possui Graduação em ESTUDOS SOCIAIS pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA (1990), Mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2000) e Doutorado em História Do Norte e Nordeste do Brasil pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2008). Atualmente é Professor da UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAU - UVA. Leciona as disciplinas de Historiografia Brasileira e História do Brasil I e II. É tutor do Programa de Educação Tutorial - PET HISTÓRIA/UVA. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: militancia comunista, ditadura, cotidiano, cultura e trabalhadores urbanos. conheça o grupo de pesquisa Cidade, Trabalho e Poder. Clique Aqui
Posted by Carlos Santos 0 comentários



Dado o pontapé inicialA para a arealização da X Bienal Internacional do Livro no Ceará, e o blog acompanhará o evento. Veka reprodução de matéria do Diário do Nordeste de 15 de maio de 2012.


 A feira será realizada no Centro de Eventos, e organização espera um público de 600 mil pessoas
Ainda sem muito da programação definido, a X Bienal Internacional do Livro do Ceará foi anunciada, ontem, pelo governo do Estado em solenidade no auditório do Palácio da Abolição. O novo Centro de Eventos do Ceará deverá sediar a feira entre os dias 8 e 18 de novembro.
Por hora, está confirmada a presença do vencedor do Prêmio Nobel de Literatura do ano de 1986, Wole Soyinka, escritor e dramaturgo nigeriano, que será um dos homenageados. Outra homenagem durante o evento será à agremiação de escritores cearenses "Padaria Espiritual", que, em 2012, completa 120 anos de fundação.
Conforme o secretário da Cultura, Francisco Pinheiro, a Bienal já está desenhada, mas falta definir os detalhes da programação. São esperados mais de 100 mil títulos em exposição, com participação de editoras internacionais, nacionais e locais.
Ainda não foi definido também um curador. De acordo com Pinheiro, uma comissão organizadora foi mobilizada com participação de funcionários da Secult, Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC) e representantes do setor livreiro.
Escritores de outros países de língua portuguesa, como Portugal e nações do continente africano, devem ter destaque. A área de exposição terá um aumento de 40% em relação ao ano passado, totalizando 23 mil metros quadrados. Estão previstas cerca de 500 atividades, entre palestras, mesas-redondas, shows líteromusicais e lançamentos de livros, com público estimado em 600 mil pessoas.

Passarelas
O secretário não quis comentar a polêmica envolvendo a ausência de passarelas de acesso de pedestres ao Centro de Eventos. "Isso é uma questão que o secretário (de Turismo) Bismack Maia deve resolver", disse. Apesar de haver grande número de estudantes e outras pessoas que utilizam transporte coletivo entre o público das bienais, Pinheiro acredita que o acesso não será problema.
O secretário destacou que dificuldades enfrentadas na edição passada, como falta de estacionamento, problemas de locomoção dentro da feira e falta de opções na praça de alimentação, também não se repetirão. Além da nova estrutura do Centro de Eventos - que inclui 3,5 mil vagas de estacionamento, praça de alimentação e túneis de acesso - estão, no planejamento, medidas como a duplicação das vias de circulação dentro da feira, que passam a ter quatro metros de espessura, e aumento do número de portas de acesso.
Hoje, será iniciado o processo de locação dos estandes, com apresentação dos espaços ao setor livreiro cearense agendada para 15 horas no Centro Dragão do Mar. No dia 21, os organizadores vão à São Paulo para encontro com o trade nacional.

FÁBIO MARQUESREPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Categories:

0 Responses

Postar um comentário

Subscribe to My Blog

Subscribe Here

Visitates online

Você é o visitante Nº.:

Visitantes de outros países

free counters